Vape em voos: o que você precisa saber para voar tranquilamente com seu vape

Posso levar meu vape em meus voos?

Primeiramente, é necessário salientar que não há regulamentação que proíba a posse ou utilização pessoal de vaporizadores no Brasil, exceto vaporizadores de ervas se a erva em questão se tratar de maconha. Esta, mesmo em pequenas quantidades ou resíduos possuem seu uso, posse e comercialização estritamente proibidos no Brasil.

Sendo assim, se o seu caso não for este, com as dicas abaixo, você poderá viajar tranquilamente seja seu voo em território nacional ou território internacional. Confira!

Quais os cuidados necessários com meu vape e derivados para voos nacionais e internacionais?

Segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil do Brasil),  é permitido levar seu vape e derivados somente em sua bagagem de mão se:

  • A quantidade de vape e derivados configure uso pessoal. Portanto, não exagere! Um vape, 3 ou 4 tubos de juices (até 100ml devidamente fechados) e 1 ou 2 pares de baterias são quantidades ideais para um voo tranquilo;
  • Outra dica importante é não voar com dispositivos lacrados / sem uso, pois se a ideia é configurar que seu kit seja para uso pessoal, uma vez que o mesmo, aberto ou usado deixará claro que seu kit está sendo utilizado por você e não está sendo transportado para comercialização;
  • Baterias sobressalentes devem estar protegidas de curto-circuitos.  O ideal é que todas as suas baterias voe em cases próprias, como esta;
  • De forma alguma você deve utilizar seu Vape enquanto estiver voando ou em nos aeroportos em que estiver;
  • Se você estiver retornando para o Brasil, as mesmas regras acima prevalecem. Há relatos de diversos clientes que viajaram por diversos países na Asia, Europa, América Latina e América do Norte e voaram tranquilamente seguindo as regras acima.

Corro algum risco de ser barrado em meus voos?

Sim, embora seja um risco muito pequeno levando em conta todos os relatos de nossos clientes que viajaram e ainda viajam em voos comerciais, há chances de algum fiscal leigo no assunto Vaping, alegar que você não pode viajar com seu Vape e derivados. O que sugerimos, neste caso é salientar que você é ex-fumante, explicar o que é o cigarro eletrônico e frisar que é para uso pessoal.

De fato não há leis proibindo o uso, porém o ideal que é você não estrague ou perca sua viagem! Este é o ponto mais importante em questão! Boa Sorte!

Que tal aproveitar e fazer seu estoque de juices e acessórios antes de viajar? Acesse aqui para comprar nossos produtos! Enviamos para todo o Brasil!

Gostou do artigo! Ajude o Clube do Vapor! Comentem, curtam ou deixem suas dúvidas!

Comentários ()

A história do Clube do Vapor

Fundada em 2017 por 2 apaixonados por Vaporizadores, o Clube do Vapor iniciou suas operações de forma pequena porém honesta. Desde o início nossa meta era de se tornar a maior Vape Shop nacional tanto no quesito de vendas, equipe e variedades de produtos.

Hoje, após muito suor e dedicação nos tornamos a maior Vape Shop nacional com a maior variedade de produtos Vape com filiais no Paraguai, China e Estados Unidos.

Nosso intuito é de proporcionar o que há de melhor no mercado Vape à preços acessíveis com foco em um ótimo atendimento aos nossos clientes. 

Dispomos de produtos de alta qualidade, 100% originais. A Clube do Vapor não trabalha com réplicas ou clones, por isso garantimos todos os nossos produtos por 2 meses contra defeito de fabricação.

Oferecemos um atendimento personalizado a você.